Teste do Eneagrama

Índice do artigo

enneagram generic

Seguem-se cinco parágrafos descrevendo nove tipos diferentes de personalidade. Nenhum destes tipos de personalidade é melhor ou pior do que qualquer outro. O propósito de cada um dos parágrafos é ser um retrato simples de um dos nove tipos de Eneagrama. Nenhum dos parágrafos tem o propósito de ser uma descrição abrangente da personalidade de um indivíduo.

 

  • Leia as descrições e escolha os três parágrafos que se ajustam melhor a si. Apesar de cada um dos parágrafos poder descrevê-lo até certo ponto, deverá escolher os três que são mais parecidos consigo.
  • Enumere estes parágrafos de 1 a 3, sendo 1 o parágrafo mais parecido consigo, 2 o parágrafo que a seguir se parece mais e 3 o terceiro que se parece  mais consigo. 

Ao fazer as selecções, considere cada parágrafo como um conjunto em vez de considerar cada frase fora do contexto do respectivo parágrafo. Pergunte a si próprio: "No seu conjunto, este parágrafo ajusta-se melhor a mim do que qualquer um dos outros?"

No caso de sentir dificuldade em escolher os três parágrafos mais parecidos consigo, pense em quais seriam as descrições que uma das pessoas da sua intimidade seleccionaria para o descrever. Dado que em geral os padrões da personalidade são os mais proeminentes, antes de começarmos a trabalhar no desenvolvimento pessoal, poderá perguntar-se também quais destes padrões o teriam descrito melhor antes de ter começado a fazer algum trabalho deste tipo.

O Registo das Suas Selecções

Depois de ter lido os parágrafos e seleccionado os três que são mais parecidos consigo, registe os parágrafos que seleccionou da seguinte forma:

Primeira escolha: A B C D E F G H
Segunda escolha: A B C D E F G H
Terceira escolha: A B C D E F G H

  • Uma vez tendo escolhido os três parágrafos e procedido ao seu registo, para descobrir a ligação que esses parágrafos têm com os tipos de Eneagrama, consulte o final deste artigo.

A

Abordo as coisas de um modo "tudo ou nada", em especia! as questöes que considero importantes. Valorizo muito ser forte, honesto e fiável. Comigo, o que se vê é o que se tem. Não confio nos outros até eles terem demonstrado serem fiáveis. Gosto que as pessoas sejam frontais comigo e sei quando alguém está a ser ínvio, a mentir ou a tentar manipular-me. Sinto muita dificu!dade em tolerar fraqueza nas pessoas a não ser que compreenda a razão da sua fraqueza ou perceba que estão a tentar resolver a questão. Sinto também grande dificuldade em seguir ordens ou instruções se nào respeitar ou concordar com a pessoa que detém a autoridade. Sou muito melhor a assumir eu próprio a chefia. Sinto dificuldade em não exprimir os meus sentimentos quando estou zangado. Estou sempre pronto a ajudar amigos ou entes queridos, em especial se pensar que estão a ser tratados injustamente. Posso não ter facilidade em ganhar todas as lutas com os outros, mas eles saberäo que estive presente.

 

B

Adiro a elevados padrões éticos internos e espero viver de acordo com esses padrões. Vejo facílmente aquilo que as coisas tal como são têm de errado e como poderiam ser melhoradas. Para muitas pessoas, posso parecer a!guém que é excessivamente crítico ou que exige perfeição, mas sinto dificuldade em ignorar ou aceitar coisas que não são feitas da maneira correcta. Caso seja responsável por fazer alguma coisa, orgulho-me de os outros poderem estar certos de que a farei bem. Por vezes sinto-me ressentido quando as pessoas não tentam fazer devidamente as coisas ou quando agem de forma irresponsável ou injusta, embora, em geral, tente não lhes mostrar abertamente o que sinto. Para mim, em gerai, o trabalho vem antes do prazer e suprimo os meus desejos na medida do necessário para completar o trabalho.

 

C

Pareço conseguir ver todos os pontos de vista com relativa facilidade. Às vezes posso mesmo parecer indeciso por conseguir ver vantagens e desvantagens em ambos os lados. A capacidade de ver todos os lados torna-me bom a ajudar as pessoas a resolver as suas diferenças. Por vezes, esta mesma capacidade poderá levar-me a estar mais ciente das posiçòes, motivações e prioridades pessoais dos outros do que das minhas. Não é invulgar distrair-me das coisas importantes que estou a tentar fazer e então dispersar-me delas. Quando isso acontece, muitas vezes a minha atenção é desviada para tarefas secundárias ou triviais. Sinto grande dificuldade em saber aquilo que é realmente importante para mim e evito conflitos ao concordar com o que os outros querem. As pessoas tendem a considerar-me de trato fácil, simpático e agradável. É preciso muito para me Ievar ao ponto de mostrar directamente a minha raiva a alguém. Gosto que a vida seja confortável e harmoniosa, e que os outros me aceitem.
 

D

Sou sensível aos sentimentos das outras pessoas. Mesmo desconhecendo-as, consigo ver aquilo de que precisam. Porvezes é frustrante estar tão ciente das necessidades das pessoas, em especial da sua dor ou infelicidade, pois sou incapaz de fazer por elas tanto quanto desejaria. Dou de mim com facilidade. Por vezes desejo que tivesse mais facilidade em dizer não, pois acabo por investir mais energia a preocupar-me com os outros do que a cuidar de mim. Sinto-me magoado se as pessoas pensam que estou a tentar manipulá-las ou controlá-las quando tudo o que estou a tentar fazer é compreendê-las e ajudá-las. Gosto de ser visto como uma pessoa calorosa e boa, mas quando não sou reconhecido ou apreciado posso tornar-me muito emocional ou mesmo exigente. Os bons relacionamentos significam muito para mim e estou disposto a trabalhararduamente para os concretizar.
 

E

Ser o melhor naquilo que faço é um forte motivador para mim, e ao longo dos anos tenho recebido muito reconhecimento pelas minhas realizações. Concretizo muitas coisas e sou bem-sucedido em quase tudo o que empreendo. ldentifico-me fortemente com aquilo que faço, pois em grande medida penso que o nosso valor se baseia naquilo que realizamos e no reconhecimento que obtemos por isso. Dado que tenho sempre mais coisas para fazer do que as que cabem no tempo disponível, muitas vezes ponho de lado sentimentos e introspecções de modo a acabar de fazer coisas. Dado que há sempre algo para fazer, sinto dificuldade em deixar-me ficar sentado e não fazer nada. lmpaciento-me com as pessoas que não usam bem o meu tempo. Por vezes preferia assumir a responsabilidade de um projecto que alguma outra pessoa está a demorar tempo de mais a completar. Gosto de sentir e parecer que estou "em cima" de qualquer situação. Embora goste de competir, sou também um bom jogador de equipa.
 

F

Caracterizar-me-ia como uma pessoa calma e analítica que precisa de passar mais tempo sozinha do que a maioria das pessoas. Em geral, prefiro observar o que se passa em vez de estar envolvido na situação. Não gosto que as pessoas me façam exigências de mais ou que esperem que conheça os meus sentimentos ou as informe sobre eles. Concentro-me mais facilmente nos meus sentimentos quando estou sozinho do que quando estou com outros, e muitas vezes aprecio mais as experiências que tive ao revivê-las do que quando estou a passar por elas. Quase nunca me aborreço quando estou sozinho porque tenho uma vida mental muito activa. Para mim é importante proteger o meu tempo e a minha energia e, assim, viver uma vida simples e descomplicada e sertão auto-suficiente quanto possível.
 

G

Tenho uma imaginação vívida, em especial no tocante ao que poderá ameaçar a segurança. Em geral, consigo determinar aquilo que poderá ser perigoso ou danoso e posso sentir-me tão receoso como se essa coisa estivesse realmente a acontecer, ou limitar-me a questionar ou desafiar a situação e não sentir receio. A minha tendência é, ou evitar o medo, ou desafiá-lo frontalmente. Na verdade, por vezes não me sinto muito receoso porque entro em acção sem grande hesitação. A minha imaginação leva também ao meu engenho e a um bom, embora invulgar, sentido de humor. Gostaria que a vida fosse mais certa, mas em geral pareço duvidar das pessoas e coisas que me rodeiam, ou questioná-las. Em geral, consigo ver as lacunas da opinião que uma pessoa está a expor. Suponho que, em consequência, algumas pessoas podem considerar-me muito astucioso. Tenho tendência a suspeitar da autoridade e não me sinto particularmente confortável em ser visto como a autoridade. Dada a minha capacidade de ver o que tem de errado a opinião generalizada que se tem sobre as coisas, a minha tendência é identificar-me com causas minoritárias. Uma vez tendo-me empenhado numa pessoa ou numa causa, sou muito leal a ela.
 

H

Sou uma pessoa optimista que gosta de arranjar coisas novas e interessantes para fazer. Possuo uma mente muito activa que se desloca rapidamente entre ideías diferentes. Gosto de ter uma ideia global de como todas estas ideias se encaixam e entusiasmo-me quando consigo ligar conceitos que inicialmente não parecem estar relacionados. Gosto de trabalhar em coisas que me interessam e tenho muita energia para lhes dedicar. Sinto muita dificuldade em continuar a fazer tarefas desinteressantes e repetitivas. Gosto de estar presente no início de um projecto, durante a fase de planeamento, altura em que poderá haver muito mais opções interessantes a considerar. Ouando esgoto o meu interesse por algo, sinto dificuldade em continuar a fazer essa coisa pois quero avançar para a coisa seguinte que capturou o meu interesse. Se alguma coisa me deprime, prefiro desviar a atenção para ideias mais agradáveis. Acredito que as pessoas têm direito a uma vida agradável.
 

I

Sou uma pessoa sensível com sentimentos intensos. Muitas vezes sinto-me incompreendido e solitário por me sentir diferente de todos os outros. O meu comportamento poderá parecer dramático a outros e fui criticado por ser demasiado sensível e amplificar excessivamente os meus sentimentos. o que realmente se passa dentro de mim é sentir uma ânsia tanto de ligação emocional como de uma experiência de relacionamento sentida profundamente. Sinto dificuldade em apreciartotalmente os relacionamentos actuais devido à minha tendência para querer aquilo que não posso ter e desdenhar daquilo que tenho na realidade. A busca de ligações emocionais tem estado comigo durante toda a minha vida e a ausência de conexões emocionais levou-me à melancolia e à depressão. Por vezes, pergunto.me por que razão as outras pessoas parecem ter mais do que eu — melhores relacionamentos e vidas mais felizes. Possuo um sentido estético refinado e experiencio um mundo rico em emoções e significado.

Como ligar os parágrafos aos tipos? Veja na próxima página!


Enea quer dizer nove em grego e grama significa número ou algo que é escrito. A palavra "Eneagrama" refere-se pois a uma estrela de nove pontas que é representada no interior de um círculo. Neste diagrama, as setas indicam os tipos do stress e da segurança que estão associados a cada tipo de Eneagrama da personalidade. O tipo do stress segue a direcção da seta e o tipo da segurança afasta-se da seta. 

Tipo da Segurança e Tipo do Stress

O seu tipo do stress é o tipo de personalidade para o qual se desvia quando está sob stress ou a ser pressionado, ou quando se mobiliza para a acção. Nafigura do Eneagrama, o tipo do stress é indicado pela direcção para onde aponta a seta.

O seu tipo da segurança é o tipo de personalidade para o qual se desvia quando se sente relaxado ou seguro, ou, paradoxalmente, quando se sente ultrapassado ou exausto. Nafigura do Eneagrama, o tipo da segurança é a direcção que se afasta da seta. Cada tipo de Eneagrama tem o seu próprio tipo da segurança e o seu próprio tipo do stress. Quando se desvia para o seu tipo do stress ou para o seu tipo da segurança, poderá evidenciar tanto as qualidades superiores como as qualidades inferiores desse tipo, dependendo das circunstâncias.
Não obstante a existência de tipos ligados que influenciam o seu tipo real de personalidade tender a complicar o processo de identificação do seu tipo correcto, eles fazem também com que o sistema de personalidade do Eneagrama seja um sistema rico e dinâmico e ajudam a explicar a singularidade de cada um de nós.

 

 

Asas

Dois dos tipos ligados chamam-se asas. Trata-se dos tipos de personalidade situados em ambos os Iados do seu tipo no diagrama do Eneagrama. Por exemplo, se for um Actor (Tipo Três), então os dois tipos de personalidade que constituem as suas asas são o Dador (Tipo Dois) e o Romântico (Tipo Quatro). Se for o Mediador (Tipo Nove), então as suas duas asas são o Protector (Tipo Oito) e o Perfeccionista (Tipo Um). De acordo com a teoria do Eneagrama, o seu tipo de personalidade é influenciado por um ou por ambos os tipos de personalidade que são as suas asas.

Ligar os parágrafos aos Tipos

Parágrafo A - TIPO 8
Parágrafo B - TIPO 1
Parágrafo C - TIPO 9
Parágrafo D - TIPO 2
Parágrafo E - TIPO 3
Parágrafo F - TIPO 5
Parágrafo G - TIPO 6
Parágrafo H - TIPO 7
Parágrafo I - TIPO 4

Imprimir Email

  • Nenhum comentário encontado
Irish gambling website www.cbetting.co.uk Paddy Power super bonus.
Fóruns

module foruns

Artigos

module articles

Ligue-se a nós!

ATENÇÃO Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização . Saiba mais sobre o uso de cookies.

Aceito os cookies deste site.