Bem-vindo, Visitante
Nome do utilizador: Senha: Memorizar

TÓPICO: Depressão

Depressão 4 anos 1 mês atrás #29

  • Devaster
  • Avatar de Devaster
  • DESLIGADO
  • New Member
  • Mensagens: 16
  • Obrigado recebido 2
  • Carma: 0
O que é isto de estar deprimido!?

A depressão é uma das doenças psiquiátricas mais frequentes. Pensa-se que uma em cada quatro mulheres e um em cada dez homens, podem vir a ter crises depressivas durante a sua vida. Ao contrário do que se pensava até meados do século XX, as crianças e adolescentes também podem ser afectados.

Uma perturbação depressiva é uma doença que envolve o corpo, o humor e os pensamentos. Afecta a maneira como a pessoa come e dorme, a visão que tem de si e o modo de pensar sobre as coisas. Não é o mesmo que “estar em baixo”, não é um sinal de fraqueza pessoal, nem algo que se possa controlar. As pessoas com uma perturbação depressiva não conseguem simplesmente “recompor-se” ou “animar-se”.

O seu diagnóstico passa muitas vezes despercebido, quer por falta de reconhecimento da depressão como doença, quer porque os seus sintomas são atribuídos a outras causas (doenças físicas, stresse, etc.).

A depressão não deve ser confundida com sentimentos tristeza como “estar em baixo” ou “desmoralizado”, que são geralmente reactivos a acontecimentos da vida e transitórios. Trata-se de uma perturbação do humor ou seja uma disposição emocional a longo termo, que se mantém ao longo do tempo, que afecta significativamente o rendimento no trabalho (ou escolar), a vida familiar, afectiva e o simples existir do doente, que sofre intensamente.

Embora a característica mais tipica dos estados depressivos seja a proeminência dos sentimentos de tristeza ou vazio, nem todos os doentes relatam essas sensações. Muitos referem, sobretudo, a perda da capacidade de experimentar prazer nas actividades em geral e a redução do interesse pelo meio externo. Frequentemente associa-se à sensação de fadiga ou perda de energia. Sem tratamento, os sintomas podem permanecer por semanas, meses ou anos.

Felizmente, com o tratamento apropriado, é possível ajudar a maior parte das pessoas que sofre de depressão.

Principais Sintomas de Depressão:

Sentimentos de tristeza e de vazio
Perda de interesse e prazer nas actividades diárias
Diminuição da energia, fadiga e lentidão
Irritabilidade, tensão ou agitação
Sensações de aflição, preocupação com tudo, receios infundados, insegurança e medos
Perturbação do apetite (com ou sem variação de peso)
Perturbação do sono
Perturbação do desejo sexual
Pessimismo e perda de esperança
Sentimentos de culpa, de auto-desvalorização e ruína
Alterações da concentração, memória e raciocínio
Sintomas físicos não devidos a outra doença (ex. dores de cabeça, perturbações digestivas, dor crónica, mal-estar geral)
Ideias de morte e tentativas de suicídio


A origem da depressão, está longe de ser totalmente compreendida. Muitos casos de depressão ocorrem após determinados eventos “stressantes”, no entanto nem todas as pessoa ficam deprimidas nessas circunstâncias. A probabilidade de certa pessoa vir a sofrer de uma perturbação depressiva depende de uma complexa interacção entre factores biológicos, psicológicos e sociais (ver figura).




Factores que podem levar a depressão

Os sintomas chaves da depressão são os mesmos nas crianças, adolescentes e nos adultos, no entanto o reconhecimento da perturbação pode ser mais difícil nos primeiros por múltiplas razões. Estes podem ter dificuldade em identificar e descrever os seu estado emocional interno, por exemplo, em vez de dizerem que se sentem mal podem tornar-se irritáveis e apresentar comportamentos violentos o que pode ser interpretado como “uma criança ou adolescente mal comportado”.

Adolescentes deprimidos não estão sempre tristes; apresentam-se principalmente irritáveis e instáveis, podendo ocorrer crises comportamentais de explosão e raiva. Outras características próprias desta fase são a quebra no desempenho escolar, a baixa auto-estima, as ideias e tentativas de suicídio e graves problemas de comportamento, especialmente o uso abusivo de álcool e drogas.

Sinais de alarme que devem alertar para possível depressão na adolescência

Períodos duradouros ou excessivos de humor irritável ou depressivo
Isolamento da família e/ou dos amigos
Hostilidade para com a família e/ou amigos
Quebra de rendimento escolar ou faltas à escola
Desistência de actividades de grupo
Abuso de substâncias (álcool e/ou drogas)
Violência física
Actividade sexual imprudente
Fugas de casa
O tratamento da depressão pode ser feito de várias formas, com medicamentos (antidepressivos e outros), com psicoterapia, com actividades que visam promover a auto-estima, com apoio a nível familiar, gestão de conflitos ou com uma combinação de vários destes métodos.

O tratamento é eficaz, pode prevenir as consequências negativas da depressão como o suicídio, o insucesso escolar, a ruptura de relações afectivas, etc.
Última Edição: 4 anos 1 mês atrás por Devaster.
O adminstrador desactivou a escrita pública.
Os seguintes utilizadores Agradeceram: Diogenes
Tempo para criar a página: 0.424 segundos
Irish gambling website www.cbetting.co.uk Paddy Power super bonus.
Fóruns

module foruns

Artigos

module articles

Ligue-se a nós!

ATENÇÃO Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização . Saiba mais sobre o uso de cookies.

Aceito os cookies deste site.